Páginas Avulsas

Poemas de minha autoria.

Textos

UMA FOLHA UMA ROSA…


Talvez fosse uma peça...
Ou visão
numa tarde monótona, de verão.

Um jogo de ilusão…
Um lampejo…
Talvez nem fosse triste sequer, teu beijo.

Nem sei se foi um beijo
ou uma rosa
que me lançaste na hora silenciosa...

Se aquela sombra móvel
aos pés teus
foi de uma folha alta ou foi de um longo adeus…

Vivo da minha crença
dolorosa…
– Foi sombra, apenas… Uma folha, uma rosa…
Paulo Maurício G Silva
Enviado por Paulo Maurício G Silva em 14/01/2020
Alterado em 14/01/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras